Dinâmica imobiliária e Metropolização: a NOVA Lógica do crescimento urbano em São Paulo

Paulo César Xavier Pereira

Resumen


A discussão proposta parte da existência de diferentes dinâmicas para explicar o crescimento urbano e a consolidação metropolitana de São Paulo (Brasil). Procura-se por em destaque a critica ao modelo centro-periferia associada à transformação da lógica de crescimento urbano no final do século XX. No desenvolvimento desta critica busca-se demonstrar que a superação do modelo centro-periferia pode contribuir para o conhecimento das dinâmicas imobiliárias e da nova lógica do crescimento das cidades latino-americanas. Propõe o estudo das formas sociais de produção do espaço como uma análise das condições de produção do espaço urbano, que resultam de diferentes articulações dos agentes da construção na constituição daquelas dinâmicas e da sua lógica de crescimento urbano.

Palabras clave


metropolização de São Paulo; produção do espaço; agentes da construção da cidade; crescimento urbano

Texto completo:

HTML (Português)


DOI: https://doi.org/10.1344/sn2005.9.927

Copyright (c)

RCUB revistesub@ub.edu Avís Legal RCUB Universitat de Barcelona