Geografia e poder: o ordenamento territorial da cidade do Rio de Janeiro e a genealogia da violência policial no Brasil

Leonardo Freire Marino

Resumen


O presente artigo tem como objetivo estabelecer uma análise geográfica sobre a atuação das forças policiais presentes na cidade do Rio de Janeiro. Acreditamos que pela condição de capital desfrutada por esta cidade por mais de 200 anos, diversos acontecimentos políticos ocorridos em seu território e a história de algumas de suas instituições foram determinantes para as demais cidades brasileiras. Este é o caso das forças policiais presentes nesta cidade, tomadas como objeto de análise neste pequeno artigo. Entendemos que ao focarmos este estudo nas forças policiais atuantes no Rio de Janeiro, estaremos construindo uma explicação sobre as origens da violência policial na totalidade do território nacional e revelando aspectos centrais das dinâmicas de ordenamento territorial implantadas nas cidades brasileiras.

Palabras clave


Ordenamento territorial; violência policial; Rio de Janeiro; criminalização da pobreza

Texto completo:

PDF (Português)

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2017 Biblio3W Revista Bibliográfica de Geografía y Ciencias Sociales

RCUB revistesub@ub.edu Avís Legal RCUB Universitat de Barcelona