Participação social e gestão democratica dos fundos e investimentos destinados aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro: uma tarefa para 2016.

Floriano José Godinho de Oliveira

Resumen


A administração dos recursos destinados à preparação do Rio de Janeiro para os Jogos Olímpicos sob a direção exclusiva do COB, sem nenhuma participação popular e formas democráticas de decisão, pode fazer do sonho um pesadelo para a cidade. Muitas outras cidades olímpicas utilizaram esses recursos para promoverem a reabilitação de áreas e a produção de equipamentos públicos para toda a população. O que se observa no Rio é a utilização desses recursos para alavancar os investimentos imobiliários e de empresas privadas prestadoras de serviços.

Texto completo:

HTML (Português)

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2010 Biblio3W Revista Bibliográfica de Geografía y Ciencias Sociales

RCUB revistesub@ub.edu Avís Legal RCUB Universitat de Barcelona