El espacio público en el centro histórico de Puebla - México de Adriana Hernández Sánchez

Ligia Paz

Resumen


Uma das problemáticas comuns a diversas cidades contemporâneas tem sido a sua relação com os seus centros históricos. Nas urbes sul-americanas, como é o caso de Puebla, a aceleração do seu crescimento urbano, associados à transferência do investimento municipal para as suas periferias e para as áreas das cidades mais propensas a gerarem um retorno económico imediato conduziram ao desinvestimento progressivo nestas zonas centrais das cidades. A reversão deste fenómeno tem ocorrido sobretudo desde os anos oitenta, usufruindo em parte de programas e iniciativas institucionais, como é o caso da Convenção para a Protecção Mundial do Património Natural e Cultural da UNESCO.
Uma das dificuldades que estas recuperações dos centros históricos podem enfrentar é a ausência de uma compreensão abrangente das suas pré-existências, que não contemple apenas as suas características históricas, arquitectónicas e urbanísticas, mas que surja também do conhecimento dos seus aspectos sociais e do entendimento do espaço público enquanto estruturante da urbanidade. O sucesso da reabilitação global destas zonas, do ponto de vista físico, social e ambiental, dependerá em grande medida desta perspectiva inicial e da qualidade e do rigor da sua análise.
É neste âmbito que surge a tese de doutoramento de Adriana Herdández Sánchez, defendida em Setembro de 2009 na Universidade de Barcelona e, mais recentemente, merecedora do Prémio Medalha de Prata da Ordem dos Arquitectos de Puebla A.C. É justamente nesta perspectiva de espaço público, enfatizando a cidadania e o rigor da análise histórica, que esta tese se manifesta. Apresenta-se como um estudo detalhado do conjunto dos antecedentes do Centro Histórico de Puebla, zona reconhecida pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade desde 1987. Através de um labor dedicado, os objectivos desta tese não só se dirigem a analisar as pré-existências desta área desde essa  perspectiva assente primordialmente no espaço público, como também apresenta uma proposta de actuação para a sua futura reabilitação integral. Este conhecimento profundo do caso de estudo proporcionou-se também pelo envolvimento directo da autora com a cidade, o qual decorreu através do seu trabalho na administração municipal e também da sua integração num grupo que promoveu projectos de dinamização cultural do Centro Histórico de Puebla, apoiado pelo Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia.


Palabras clave


Espaço Público; Reabilitação Urbana; Património; Centro Histórico; Puebla

Texto completo:

PDF (Português)

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.
RCUB revistesub@ub.edu Avís Legal RCUB Universitat de Barcelona