Investimento e poder político: prós e contras dos atributos de uma capital - Vitória, estado do Espírito Santo, Brasil

Eneida Maria Souza Mendonça, José Francisco Bernardino Freitas

Resumen


O esforço político exercido para assegurar o efetivo papel de Vitória como capital do estado do Espírito Santo na região sudeste do Brasil e a demonstração do potencial ou o poder dessa capital em atrair investimentos para seu território são aqui abordados de modo a explorar vantagens e desvantagens desta situação. A metodologia inclui estudo da história da cidade de Vitória com destaque a períodos e fatos que correspondam a mudanças significativas na caracterização de sua importância política e de seus aspectos urbanísticos, incluindo o exame de situações exemplares. Estas demonstram que em alguns momentos, o Estado ou o Município não mediram esforços para suas realizações, enquanto em outros a atratividade da capital se mostrou suficiente para atrair empreendimentos sem necessitar de apoio governamental. A análise desses episódios indica que o bônus do desenvolvimento almejado vem acompanhado de ônus ou impactos, em particular, aqueles de ordem ambiental, financeira ou urbana.

Palabras clave


poder político; cidade capital; urbanização

Texto completo:

HTML


Copyright (c)

RCUB RCUB Declaració ètica Avís Legal Centre de Recursos per a l'Aprenentatge i la Investigació Universitat de Barcelona