O fenômeno écoquartier na Europa: tendências do discurso sustentável na transformação do território

Fernando Pinto Ribeiro

Resumen


A cidade contemporânea se reconfigura, atualmente, baseada na dispersão de um discurso ambiental hegemônico, centrado na abordagem “sustentável”. Sua repercussão na Europa, sobretudo na França, pode ser observada nas evidências trazidas por grandes projetos urbanos considerados “sustentáveis”, aqui denominados de écoquartiers. Estes são indicativos espaciais que se expandem na esteira de uma campanha sustentável fortalecida desde a Carta de Aalborg, e que se repercute espacialmente segundo uma lógica de apropriação das demandas ambientais pelo Estado e pelo mercado imobiliário. Este fenômeno implicará numa abordagem restrita e reducionista do desenvolvimento sustentável, pois a subordina à interesses políticos e econômicos privados. Dessa forma, a considerável expansão de projetos écoquartier na Europa serve para demonstrar uma cidade que se constrói segundo imperativos ideológicos vinculados ao plano do discurso da sustentabilidade, mas cujas implicações práticas esbarram em limitações estruturais associadas ao plano da escala e das relações espaciais

Palabras clave


sustentável; cidade; écoquartier; urbano; discurso

Texto completo:

HTML (Português)


Copyright (c)

RCUB RCUB Declaració ètica Avís Legal Centre de Recursos per a l'Aprenentatge i la Investigació Universitat de Barcelona