Volver a los detalles del artículo Inteligência Artificial como sujeito de direito: construção e teorização crítica sobre pessoalidade e subjetivação Descargar Descargar PDF