Estruturas da territorialidade católica no Brasil

Sylvio Fausto Gil Filho

Resumen


Este ensaio, sob o título “Estruturas da Territorialidade Católica no Brasil” foi construído a partir da análise de que a Igreja Católica Romana mantém estratégias de expansão e preservação que são capitaneadas por determinadas estruturas da territorialidade do sagrado. A presença da Igreja Católica em realidades cada vez mais urbanas e cosmopolitas demonstra vários arranjos institucionais na manutenção da hegemonia territorial do sagrado diante do processo de secularização e da diversidade de identidades religiosas não-católicas. A cidade brasileira hodierna é a realização de um mundo secularizado que outrora fora eminentemente eclesiástico. Muito embora a secularização do território das práticas sociais sejam evidentes os espaços de representação do sagrado e as práticas religiosas permeiam a dinâmica social da cidade. Neste sentido, a secularização é muito mais o processo de perda da autoridade eclesiástica sobre a cultura contemporânea do que propriamente um desterro do sagrado. Relacionamos o plano discursivo com a interpretação simbólica da prática espacial da Igreja galvanizada pelas relações de poder.

Texto completo:

HTML (Português)


Copyright (c)

RCUB RCUB Declaració ètica Avís Legal Centre de Recursos per a l'Aprenentatge i la Investigació Universitat de Barcelona