Planejamento Urbano do Ciberespaço: A formação territorial de redes comunitárias acadêmicas no Brasil.

Hindenburgo Francisco Pires

Resumen


Em primeiro lugar, gostaria de agradecer à FAPERJ – Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro, através do Programa Pró-Ciência, pelo apoio e financiamento a esta pesquisa. Esta pesquisa investiga a participação do planejamento urbano do ciberespaço na implantação das Redes Comunitárias de Ensino e Pesquisa (Redecomep), no Brasil. O objetivo é revelar quais foram às ações estratégicas de políticas públicas para a implantação da Redecomep nas metrópoles brasileiras. A realização deste trabalho requereu os seguintes procedimentos metodológicos de investigação: a) levantamento bibliográfico; b) pesquisas em fontes, arquivos públicos e sítios-webs; c) estudos e mapeamentos das redes metropolitanas; d) entrevistas com gestores de redes. Para demonstrar como foi constituído a Redecomep, este artigo foi subdividido em três partes: 1. Pequena história recente da formação das redes tecnológicas e acadêmicas; 2. O planejamento das redes comunitárias de educação e pesquisa (Redecomep) 3. Políticas públicas e estratégicas territoriais de implantação da Redecomep nas metrópoles brasileiras. Assim, este trabalho revela como ocorreu a elaboração da mais importante rede comunitária de ensino e pesquisa da América Latina.

Palabras clave


planejamento urbano; ciberespaço; redes comunitárias acadêmicas; política públicas; Redecomep

Texto completo:

HTML (Português)


Copyright (c)

RCUB RCUB Declaració ètica Avís Legal Centre de Recursos per a l'Aprenentatge i la Investigació Universitat de Barcelona