O transporte rodoviário no Brasil: algumas tipologias da viscosidadades.

Vitor Helio Pereira de Souza

Resumen


O planejamento do setor de transportes no Brasil teve por muito tempo o modal rodoviário enquanto principal sistema de engenharia do país. Sendo assim, o mesmo serviu para realizar, além da integração física do território nacional, a consolidação do seu mercado doméstico. Porém, após entrarmos na década de 1980, o planejamento do setor é deixado de lado, sendo que uma inversão da matriz de desenvolvimento é constatada, com ganhos de participação da monocultura na economia do país e relativo desenvolvimento das novas áreas em que a expansão agrícola avançou. Tal situação culminou em apagões logísticos na década de 1990 e na retomada do planejamento do setor no início do século XXI. Neste momento, estabelece-se um novo aparato institucional que garante a participação do capital privado no setor, além de um novo princípio para a resolução de gargalos das regiões concentradas (economicamente dinâmicas), a partir do direcionamento de investimentos para áreas de economias primárias que somente nas últimas décadas foram incorporadas à economia nacional.

Palabras clave


logistics; transportation; highways; planning and economic dynamics

Texto completo:

HTML (Português)


Copyright (c)

RCUB RCUB Declaració ètica Avís Legal Centre de Recursos per a l'Aprenentatge i la Investigació Universitat de Barcelona