Trabalho e excedente na origem de uma cidade

Maria Abel Machado

Resumen


Caxias do Sul, surgiu na segunda metade do século XIX, como parte da política imigratória brasileira, reforçada pela Lei de Terras e pelos interesses do regime imperial em povoar as zonas desertas com mão-de-obra européia. Para tanto, a partir de 1875, foram trazidos imigrantes italianos que, na qualidade de agricultores, receberam um lote rural, num sistema de minifúndio e com a obrigatoriedade da utilização de mão-de-obra livre e branca, já que no Brasil ainda vigorava o regime de escravidão. Vencidas as primeiras dificuldades, o trabalho do agricultor transformou a economia de subsistência em uma economia de mercado, a partir do surgimento de excedentes que possibilitaram a criação de um comércio inter-regional e interestadual, responsável pelo surgimento de uma cidade que mais tarde se tornou um pólo econômico importante para a região.

Palabras clave


trabalho; agricultura; economia; mercado; Caxias do Sul (Brasil)

Texto completo:

HTML (Português)


Copyright (c)

RCUB RCUB Declaració ètica Avís Legal Centre de Recursos per a l'Aprenentatge i la Investigació Universitat de Barcelona