Jovens operários e operárias: olhares sobre o trabalho

Maria Carla Corrochano

Resumen


Este artigo apresenta um estudo sobre jovens operários e operárias trabalhadores do setor de autopeças de São Bernardo do Campo. Mesmo com baixos salários e ocupando cargos que exigem pouca qualificação e muito esforço físico, a maior parte dos entrevistados considera o emprego atual como central em suas vidas, o que se relaciona à conjuntura vivida. Assim, a realização profissional ocupa segundo plano, mesmo dentre os mais escolarizados. Mas isso não significa que o Trabalho deixa de ter sentidos diferenciados, e para além do acesso à renda, como independência, realização pessoal e dignidade. A cada um desses sentidos correspondem diferenças de gênero, naturalidade e trajetória escolar, bem como uma diversidade de projetos profissionais.

Palabras clave


juventude; trabalho; educação; Região do Grande ABC; autopeças

Texto completo:

HTML (Português)


Copyright (c)

RCUB RCUB Declaració ètica Avís Legal Centre de Recursos per a l'Aprenentatge i la Investigació Universitat de Barcelona