O trabalho do atleta e a produção do espetáculo esportivo

Katia Rubio

Resumen


O esporte é uma prática cultural associada diretamente ao lazer e ao uso do tempo livre. Entretanto, diante das transformações ocorridas com esse fenômeno nos últimos 30 anos, tendo o amadorismo, um dos pilares fundamentais do Olimpismo, sido suplantado pelo profissionalismo, uma nova condição de exercício profissional é apresentada àqueles que possuem habilidades físicas específicas e optaram pela prática esportiva como profissão. O atleta profissional do esporte contemporâneo tem sido, graças ao poder e influência que os meios de comunicação de massa têm sobre o espetáculo esportivo, tratado e reconhecido como personalidade pública, ídolo, herói e ideal de ego de grande parte da juventude e dos adultos, porque à sua figura estão associados o sucesso, a fama e uma vida vitoriosa, valores cultivados e desejados pela sociedade atual. No entanto, como retrato fiel da pós-modernidade, essas entidades fulgurantes têm seu brilho alimentado por um período de no máximo 20 anos para depois experimentar a dureza do esquecimento, ainda que poucos consigam chegar a esse estágio com reservas financeiras suficientes para seu sustento e das próximas gerações. Nesse trabalho procuramos discutir como se dá a construção do esporte moderno, sua transformação em espetáculo e a assimilação do profissionalismo dentro desse contexto.

Palabras clave


trabalho; olimpismo; espetáculo

Texto completo:

HTML (Português)


Copyright (c)

RCUB RCUB Declaració ètica Avís Legal Centre de Recursos per a l'Aprenentatge i la Investigació Universitat de Barcelona