O migrante sob a dominação do capital. Opressão e impactos sociais. (Ensaiando a reflexão)

William Ribeiro da Silva

Resumen


O presente trabalho trata-se de um ensaio reflexivo ausente de discussão empírica, em que se questiona conceitualmente as bases que alicerçam o modo de produção capitalista, através das modificações tecnológicas e nas estruturas de exploração do trabalho e seus conseqüentes reflexos nos processos migratórios (1). Num momento histórico em que não existe mais a mesma necessidade de exploração da mão-de-obra, como ficam os fluxos migratórios? Para onde iriam? Tendem a diminuir? A acabar? O migrante se fixaria definitivamente e deixaria de ser migrante? E quanto aos aparelhos do Estado, desapareceriam? Estas perguntas surgem numa perspectiva de entendimento de uma nova realidade, uma nova condição de atuação do capital e da sociedade.

Palabras clave


trabalho; migrante; dominação do capital

Texto completo:

HTML (Português)


Copyright (c)

RCUB RCUB Declaració ètica Avís Legal Centre de Recursos per a l'Aprenentatge i la Investigació Universitat de Barcelona