Trabalho e redes de solidariedade aos migrantes

Adelita Neto Carleial

Resumen


As redes de solidariedade aos imigrantes são tipos de estratégias econômicas e sociais, que permitem oportunidades de emprego e de convivência, amenizam os conflitos decorrentes das adversidades encontradas no lugar de destino, viabilizando o processo migratório. Esta pesquisa estuda este fenômeno na cidade de Fortaleza, capital do estado do Ceará, no nordeste do Brasil; onde foram encontradas experiências de organizações familiares, e de conterrâneos, que atraíam pessoas do interior do estado e forneciam a eles ajuda, treinamento profissional e postos de trabalho, facilitando a sua adaptação, diminuindo os riscos e tornando a migração eficiente para estas pessoas.

Palabras clave


migração; trabalho; redes solidárias

Texto completo:

HTML (Português)


Copyright (c)

RCUB RCUB Declaració ètica Avís Legal Centre de Recursos per a l'Aprenentatge i la Investigació Universitat de Barcelona