Sonhos urbanos e pesadelos metropolitanos: violência e segregação na cidade do Rio de Janeiro

Maria de Fatima Cabral Marques Gomes

Resumen


O trabalho discute os espaços residenciais no Rio de Janeiro privilegiando a violência urbana como categoria fundamental para o entendimento do aprofundamento do processo de segregação sócio-espacial nas grandes metrópoles. Partimos da hipótese que a violência relacionada ao tráfico de drogas na cidade carioca mudou substancialmente no contexto da globalização, contribuindo para aprofundar a fragmentação do espaço urbano. A questão da violência coloca-nos cada vez mais distante da utopia urbana e nos aproxima do pesadelo da cidade infernal que tem crescido em proporções gigantescas. Nossa pesquisa fundamenta-se em uma análise da literatura sobre o tema, na recuperação dos dados estatísticos e mapas referentes à cidade e aos seus espaços residenciais e em uma pesquisa de campo realizada em condomínios fechados e favelas.

Palabras clave


espaços residenciais; violência e segregação s ócioespacial

Texto completo:

HTML (Português)


Copyright (c)

RCUB RCUB Declaració ètica Avís Legal Centre de Recursos per a l'Aprenentatge i la Investigació Universitat de Barcelona