O fio da meada. Desafios ao planejamento e à preservação ambiental na Costa dos Coqueiros, Bahia

Ester Limonad

Resumen


A intenção deste texto é apontar alternativas às formas de condução do planejamento e gestão territorial. Muitas vezes se fazem diagnósticos críticos e propostas de intervenção, que tendem a agravar os problemas ao invés de solucioná-los. Isto tende a ocorrer na prática de planejamento ao se intervir sem buscar o fio da meada: a questão estratégica, como se buscará mostrar no caso das propostas de gestão costeira e ordenamento territorial da Costa dos Coqueiros, no litoral norte da Bahia. Embora estes planos contemplem preocupações sócio-ambientais e contem com a participação da população envolvida, partem de perspectivas pré-concebidas. Em decorrência não discutem qual tipo de urbanização privilegiar e se atém a propor um zoneamento do território para urbanização. Deixam de lado, assim, questões estratégicas relacionadas à implantação de infraestruturas, à gestão ambiental e à participação efetiva da população.

Palabras clave


Turismo Litorâneo; Resorts; Bahia; Planejamento Regional; Desenvolvimento Local

Texto completo:

HTML (Português)


Copyright (c)

RCUB RCUB Declaració ètica Avís Legal Centre de Recursos per a l'Aprenentatge i la Investigació Universitat de Barcelona