Vantagens e desvantagens do espaço: a hierarquia dos espaços ocupados em Natal

Nelma Sueli Marinho de Bastos, Alexsandro Ferreira Cardoso da Silva

Resumen


As estratégias especulativas do processo de estruturação intra-urbana de Natal, no período de forte expansão, implicaram na ocupação periférica e a manutenção de imóveis desocupados nos interstícios da cidade, se contrapondo às disputas de espaços para morar. Atualmente, o município conta com mais de 80% de sua superfície ocupada e a escassez de terrenos estimula a renovação de determinados núcleos, proporcionando atração e repulsão dos vários tipos de demandas habitacionais. Isso ocorre a partir de uma verdadeira disputa por vantagens e desvantagens do espaço urbano que configura a estrutura hierárquica de uso e ocupação do solo em Natal.

Palabras clave


configurações espaciais; habitação; desigualdades

Texto completo:

HTML (Português)


Copyright (c)

RCUB RCUB Declaració ètica Avís Legal Centre de Recursos per a l'Aprenentatge i la Investigació Universitat de Barcelona