O turismo em um lugar atlântico-amazônico: recentes alterações sócio-espaciais

Francinete Maria Oliveira de Brito

Resumen


Analiso o desenvolvimento do turismo em Salinópolis, cidade litorânea a nordeste do estado do Pará-Brasil, a partir da década de 1990, com foco na apropriação e consumo de seus espaços. Salinópolis ao longo de sua história vem sofrendo intervenções de vários agentes sociais, dentre esses, o turismo, a especulação imobiliária e o Estado. Esses atores sociais tem tido papel importante na transformação de lugares, onde a valorização de seu território através da atividade turística cria e recria lugares, produzindo espaços híbridos onde o velho e o novo funde-se dando lugar a uma nova organização sócio-espacial. O turismo em Salinopólis a exemplo de outros locais tende a impor aos residentes hábitos metropolitanos gerando espaços homogeneizados que seguem o modelo capitalista globalizado.

Texto completo:

HTML (Português)


Copyright (c)

RCUB revistesub@ub.edu Avís Legal RCUB Universitat de Barcelona