Culture as an Urban Regenerator? The case of Bairro Alto in Lisbon

Sandra Vale

Resumen


A forma das cidades e as culturas urbanas passam por grandes transformações, com algumas semelhanças nos processos de adaptação.
Mas nem tudo segue um padrão único e universal, e o carácter desconhecido ou instável de muitos fenómenos aumenta o grau de diversidade e incerteza.
Qual é então o papel da cultura nos processos de regeneração das cidades e dos seus espaços, num contexto em que se multiplicam as “capitais da cultura”, exposições mundiais e certos museus funcionam como elemento simbólico de promoção? De que forma o indivíduo e os grupos participam nessas mudanças? O conceito de bairro e a apropriação do espaço como elementos fundamentais
da vida na cidade, ou o medo, a privatização e a tematização como elementos determinantes no espaço?
Apresenta-se neste artigo o caso do Bairro Alto na cidade de Lisboa, como exemplo de processo espontâneo, onde é possível identificar o conceito de “bairro artístico” e as suas possibilidades na regeneração urbana.”


Palabras clave


Culture; Urban Regeneration; Cultural Strategies; Downtown

Texto completo:

PDF (Português)

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2009 Sandra Vale

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.

________________________________________________________________________________________________________________________

on the w@terfront; publicada por el CR POLIS de la Universidad de Barcelona. Las líneas de investigación principales son la sostenibilidad urbana, el diseño urbano y el arte público

ISBN: 1139-7365

Indexed in  Emerging Sources Citation IndexArt SourceAvery, DOAJDIALNET

Evaluated in  MIAR, CARHUS Plus+ 2014 grupo C, Directory of Open Access JournalsLATINDEX (Catálogo), REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico), CIRC: Ciencias Humanas, Human Sciences C3

OA polices  Dulcinea color Verde, SHERPA/RoMEO color gray

2018 ICDS = 9.8

Soporte: Proyectos I+D+I del MICIN HAR2017-88672-R; HAR2012-30874; HAR2011-14431-E; HUM2009-13989-C02-01; HUM2006-12803-C02-01; HUM2005-00420; HUM2004-22086-E; BHA2002-0052;

RCUB revistesub@ub.edu Avís Legal RCUB Universitat de Barcelona