Culture as an Urban Regenerator? The case of Bairro Alto in Lisbon

Sandra Vale

Resumen


A forma das cidades e as culturas urbanas passam por grandes transformações, com algumas semelhanças nos processos de adaptação.
Mas nem tudo segue um padrão único e universal, e o carácter desconhecido ou instável de muitos fenómenos aumenta o grau de diversidade e incerteza.
Qual é então o papel da cultura nos processos de regeneração das cidades e dos seus espaços, num contexto em que se multiplicam as “capitais da cultura”, exposições mundiais e certos museus funcionam como elemento simbólico de promoção? De que forma o indivíduo e os grupos participam nessas mudanças? O conceito de bairro e a apropriação do espaço como elementos fundamentais
da vida na cidade, ou o medo, a privatização e a tematização como elementos determinantes no espaço?
Apresenta-se neste artigo o caso do Bairro Alto na cidade de Lisboa, como exemplo de processo espontâneo, onde é possível identificar o conceito de “bairro artístico” e as suas possibilidades na regeneração urbana.”


Palabras clave


Culture; Urban Regeneration; Cultural Strategies; Downtown

Texto completo:

PDF (Português)

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-CompartirIgual 4.0 Internacional.
RCUB revistesub@ub.edu Avís Legal RCUB Universitat de Barcelona